O Jaguar F-Pace S é um SUV de parar o trânsito. Fazia tempo que não andava com um veículo que chama tanta atenção. E também há tempos não ouvia um V6 com supercharger roncar tão gostoso quanto este inglês. Debaixo do capô há um V6 3.0, com cabeçotes de alumínio, duplo comando de válvulas e injeção direta de combustível. Rende 380 cv a 6.500 rpm e trabalha com o câmbio automático de oito marchas. O powertrain é bem legal, assim como o conjunto todo. E divertido também: faz de 0 a 100 km/h em pouco mais de cinco segundos, mesmo pesando 1.861 kg (mais 90 kg do cara aqui), graças a um conjunto excelente e ao torque de 45,8 kgfm a 4.500 rpm. É rápido!fpace33fpace21fpace20

As trocas de marcha são automáticas e pode-se optar pelo uso das borboletas atrás do volante. Não há alavanca de câmbio, mas sim, uma chave seletora redonda, no console central. Ao dar a partida no “Vseizão”, pelo botão no painel e com a chave presencial no bolso da calça ou no largada no console, essa alavanca sobe e deve-se girá-la para a posição desejada: D (Drive), R (ré), S (Sport)…  Para andar em cidades grandes como São Paulo, esse Jag é puro luxo, conforto, porém a versão S com rodas aro 22″ e pneus Pirelli P Zero Scorpion 265/40 sofre com a pavimentação destruída que temos. Na estrada, porém uma delícia, confiança total e vontade de andar de pé embaixo e fazendo tempo, o tempo todo. Dá vontade de falar para a criançada: apertem o cinto pois vamos acelerar. Só que não. Longe do asfalto, o SUV oferece recursos e é eficiente, mas o habitat dele é realmente o asfalto. E de preferência rodando velozmente.

BX Leandrini_610x200

 

O chão é dos bons

Os engenheiros da Jaguar poderiam ter pego uma plataforma de Land Rover para desenvolver seu SUV, mas optaram por fazer algo independente, sem acionar a empresa irmã. A opção foi usar uma base dos sedans XE. Monobloco é quase todo em alumínio, portas são de aço e a tampa do porta-malas é de composto plástico. Na dianteira, a suspensão dianteira tem braços sobrepostos, enquanto a traseira é chamada Integral Link – um multi-link com algumas peças a mais que garantem mais área de contato dos pneus com o asfalto e consequentemente mais performance.  Tem tração nas quatro rodas (AWD) e a transferência de força pode chegar a 90% para as rodas traseiras e 10% na dianteira, tanto que lembra bem um tração traseira e não um “traçado”. As rodas dianteiras nunca recebem mais do que 50% da força. Há muitos dispositivos eletrônicos que o ajudam em terrenos com pouca aderência, piso molhado etc.. Dá para andar forte nas retas, nas curvas, na chuva, no seco, no asfalto, na terra…

fpacefpace9fpace2fpace7Acima, o link extra que a Jaguar usa em sua suspensão traseira.fpace3

Carroceria do F-Pace: 80% alumínio.

sigma1

fpace16

Sobre os Recordes Mundiais que o Jaguar F-Pace chegou quebrando

Desde seu lançamento, a Jaguar investiu pesado em ações radicais com o F-Pace: além de andar em duas rodas, o piloto Terry Grant completou o maior looping do mundo, com 19 metros de diâmetro, a bordo do F-Pace.

fpace4 fpace5 fpace6

fpace14 fpace13

BX MotorCrazy_610x200

Acabamento primoroso, bem equipado… Luxuoso e tecnológico!

Por dentro o F-Pace é cruel de tão agradável. Bancos envolventes, sistema InControl touch com tela de 10.2″ que comanda tudo e tem conexão muito eficiente com smartphone, Head Up Display (informações na tela do parabrisa) e um painel completo e lindo. Na tela, motorista configura o veículo, acerta modo de trabalho da suspensão, direção… Há aplicativos que podem ajudar a traçar a rota e até calculam quanto será gasto de combustível em cada trecho. Na hora da compra, o consumidor pode montar seu F-Pace, escolher cor da carroceria e interna, cor do teto, opções para ter ar-condicionado com quatro zonas, aquecimento e resfriamento de bancos (para os quatro passageiros), volante com aquecimento, Piloto Automático Adaptativo, entre outros recursos. O F-Pace parte de pouco mais de R$ 300.000 e pode beirar os R$ 500.000.

fpace10 fpace11 fpace12fpace8

Veredito: compraríamos facilmente um Jaguar F-Pace e manteríamos intocado. Certamente o sofrimento de rodar com rodas aro 22″ com pneus de perfil baixo nos levaria até a concessionária mais próxima para alguns reapertos de suspensão, rodas amassadas, bolhas nos pneus, mas vale o sacrifício pois o estilo deste SUV é demais, especialmente bem calçado assim.

BX ClickEscape_610x200

Texto Redação

Fotos: Divulgação