A pista da Fazenda Capuava, interior de São Paulo, recebeu novamente máquinas da Audi: R8 Coupé V10 Plus, RS6 Avant e RS7 Performance. Que carros! Imprensa especializada, concessionários e clientes da marca tiveram alguns dias de divertimento e avaliação desses modelos (o evento vai até 20/05). Nós tivemos a sorte, de verdade, de rodar em todos eles com chuva, podendo sentir na prática, como o sistema Quattro de tração mantém qualquer um deles na pista. É preciso inventar demais e fazer mágica para perder o controle, rodar ou sair da pista.

tireshop

O R8 é o mais no chão deles, claro. A pista é seu habitat e contorna, acelera e freia como um carro de corrida que recebeu acabamento para ser oferecido em lojas para os consumidores tidos como meros mortais. Seu motor V10 aspiradão rende 610 cv e 56 kgfm de torque. Os 100 km/h chegam em 3s2 e máxima com ele originalzinho é de 330 km/h. Câmbio STronic de sete marchas tem trocas estupidamente rápidas e disposição em qualquer rotação. Na pista, ele quer o limite sempre e isso é para pilotos com experiência. As respostas ao voltante e pedal do acelerador são insanamente eficientes.

BAIXA-0340

O sistema Quattro de tração, sob chuva, garantiu nossa segurança o tempo todo, no circuito da Capuava, mesmo com uma leve aquaplanagem no final da reta principal. Na mão demais. Com tanta eletrônica e bem projetado, ele pode ficar 100% com tração dianteira ou 1005 traseira, dependendo da situação. Nas bancadas de cinco cilindros cada, um rolê pacífico pode fazer com que uma delas se apague para economizar combustível e emitir menos poluentes. Tudo controlado eletronicamente. E se começa a esfriar demais o lado desligado, alterna-se o funcionamento e assim catalisadores, por exemplo, continuam aquecidos e na maior eficiência possível. Tudo isso sem que o condutor e passageiro percebam, claro.

BX Leandrini_610x200

Faróis a laser também são ousadia e pioneiros e serão de série no R8 vendido no Brasil (lá fora é opcional). Os discos de freios do “nosso” R8 terão sempre composto cerâmico e a suspensão é a Magnetic Ride, tudo de série. Opcional por aqui será costura interna colorida e bancos semi-concha. A nave custará R$ 1.170.990, sem os opcionais.

BAIXA-0743

A RS6 e RS7 são os monstros do torque! Ambos usam um V8 4.0 TFSI com câmbio de oito velocidades. São 605 cv e 75 kgfm de torque com o uso do overboost. É força bruta. Tração Quattro também presente nos dois, mas diferente do R8, abusar da wagon ou desse cupêzão é pedir para sair de frente em curva (ir além do limite mesmo). É preciso dosar o pedal para não perder tempo ou trajetória. Em uma tocada convencional, 60% da força vai para as rodas traseiras. Acelerando com vontade, o sistema cheio de computadores, amortecedores com regulagens e diferencial também assistido, varia a tração entre as rodas traseiras (de um lado para outro) assim como mais para a dianteira ou mais para trás.

No pacote performance eles têm rodas aro 21″, acabamentos externos em titânio fosco, interior com alcântara e couro Valcona, ar-condicionado de quatro zonas, interface para smartphone, TV digital. A RS6 custa R$ 669.990 e o RS7 sai por R$ 728.990.

BX-MCrazy_RAW_RodasSRTJeep_Banner-1024x576